Artrose, desgaste da cartilagem articular

Conhecida também como osteoartrite, a artrose é uma doença degenerativa que prejudica os movimentos dos membros do paciente. Isso acontece devido a um desgaste da cartilagem, promovido por traumas ou pelo uso excessivo de uma articulação, gerando inchaço e limitação funcional.

Normalmente, a patologia atinge mãos, joelhos, coluna e quadris, por serem lugares mais propensos a movimentos constantes.

como saber se tenho artrose

Artrite e artrose: qual a diferença?

Embora apresentem sintomas semelhantes, a artrite se trata da inflamação da articulação, enquanto a artrose é uma doença crônica.

Nesse caso, artrite, se não tratada, pode evoluir para artrose e apresentar complicações ao longo da vida do paciente.

Diferença entre osteoartrose e osteoporose?

Como saber se tenho artrose?

Buscar um médico especialista em artrose, que vai fazer uma pesquisa pelas suas queixas, exame clínico e vai pedir exame de rx para avaliação.

O que causa artrose?

Existem duas formas de manifestação da artrose: a primária e a secundária. Cada uma delas apresenta origens distintas.

Primária

Acomete o paciente devido ao uso prolongado e repetitivo de determinada articulação ou simplesmente como uma consequência do envelhecimento natural.

Tais situações levam à degeneração do líquido sinovial — que lubrifica as cavidades articulares. Isso também pode ser consequência da prática de exercícios sem a orientação de um profissional. Como resultado, a cartilagem fica danificada e causa atrito maior entre os ossos, de modo que acabam perdendo o formato original, impedindo o paciente de executar movimentos naturalmente simples.

Secundária

Tem origem em doenças congênitas e distúrbios hormonais, como obesidade, gota, artrite reumatoide, hipertireoidismo, diabetes, entre outras.

Fatores de risco

Um estilo de vida que não seja saudável é determinante para a incidência da artrose. No entanto, já foi descoberto que alguns fatores paralelos a esse também influenciam, tais como:

  • Hereditariedade
  • Distúrbios hormonais, como o hipertireoidismo
  • Idade avançada, tendo maior frequência após os 60 anos
  • Doenças metabólicas, como a obesidade e diabetes
  • Deformidades ósseas
  • Lesões na articulação
  • Profissões que realizam movimentos repetitivos de um membro

O que a artrose pode causar

  • Dor na articulação afetada;
  • Dificuldade na realização de movimentos; 
  • Inchaço e rigidez na articulação;

Além disso, com o progredir da doença começam a surgir alguma deformações na região das articulações afetadas. A artrose não pode virar câncer.

Como prevenir a Artrose

Uma das principais formas de tratamento é a prevenção da artrose, e para isso existem alguns cuidados que devem ser seguidos que incluem: 

  • Evitar o excesso de peso;
  • Manter uma boa postura corporal;
  • Evitar o levantamento de pesos, especialmente na região do ombro; 
  • Evitar a realização de exercícios repetitivos;
  • Evitar a realização de trabalhos forçados. 

A artrose é uma doença degenerativa crônica não existindo por isso um bom prognóstico da doença, servindo os tratamentos para aliviar a dor e a inflamação, retardar o progresso da doença, melhorar a movimentação e a qualidade de vida.

Tratamentos sem cirurgia>
Tramentos com cirurgia >

Tenho artrose, o que fazer?

Então que tem artrose no joelho pode fazer caminhada, ou mesmo artrose no quadril ou em outra articulação. Quem tem artrose pode trabalhar, desde que não sobrecarregue a área afetada.

Instruções para quem tem artrose >

Compartilhe essa informação!
SuperIdade
SuperIdade

Dr. Márcio R. B. Silveira, criou a Clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura em Brasília-DF, para atuar principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; controle da dor articular e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.

1 Comment

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *